Notícias Acontece

Núcleo do Empreendedor da Acic expande atuação

Acontece na ACIC

Data 21/01/2020 Texto ACIC Compartilhe
Núcleo do Empreendedor da Acic expande atuação

Criado há três anos, o Núcleo de Negócios da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) passou por mudanças. O grupo deixou de ser restrito apenas a empresários e passou a acolher também os empreendedores e líderes de empresas. Alterando ainda a denominação para Núcleo de Empreendedores, expandiu sua atuação.

 

No início, a grande dificuldade vinha daqueles que migraram de outras cidades e não conheciam a Região Carbonífera, e por esse motivo buscavam ajuda no grupo para fortalecer o relacionamento com outros empresários e conhecer melhor os negócios realizados.

 

Com a nova gestão, de Daiane Nazário, que é atual coordenadora, e de Leonardo Tapias, vice-coordenador, o núcleo se renovou. “O grupo hoje gera networking, troca informações, conhecimentos e busca capacitação, não tem como continuar com a visão antiga que era vender”, comenta Daiane.

 

Antes voltado apenas para empresários e aceitando um representante para cada segmento, o núcleo passou a acolher também os empreendedores, não importando se haveria pessoas com a mesma profissão ou especialidade.

 

“Essas restrições que tínhamos estavam nos prejudicando. A nossa ideia não era se fechar, e sim abrir para novas informações, para que todos compartilhassem juntos suas histórias nos negócios, sejam eles empresários, empreendedores, ou líderes dentro de empresas que queiram agregar. A concorrência vai somar com as próprias experiências, porque acreditamos que cada um tem seu espaço no mercado”, relata Tapias.

 

Como funciona

 

O núcleo possui 30 associados e os encontros acontecem quinzenalmente, às quartas-feiras, na Acic. As reuniões se dividem em troca de experiências, apresentação das empresas, visitas técnicas e palestras. Os temas debatidos durantes as palestras variam de acordo com as trocas dentro do grupo.

 

“Uma das coisas que gostamos de destacar nos encontros são as histórias que deram errado. Case de sucesso é muito fácil de encontrar para apresentar para as pessoas, mas para falar de fracasso, são poucos. Os empreendedores nos contam como iniciaram, quantas vezes quebraram seus negócios, como chegaram até aqui. E isso é motivador!”, comenta Tapias.

 

Networking

 

Uma rede de contatos na qual as pessoas com os mesmos interesses compartilham experiências, trocam informações e partilham serviços. Esse é o networking, também desenvolvido no núcleo.

 

“Quando nos damos conta, o ‘vender’ se tornou consequência, porque o networking aproximou esse grupo e quando uma pessoa precisa de algum produto ou serviço, lembra de alguém do núcleo, alguém que contou sua história e deu valor ao seu produto”, explica Daiane.

 

Desafios

 

O grupo tem projetos para este ano e um de seus desafios é se destacar entre os núcleos da Acic. “Buscamos estabelecer um fluxo de caixa para que possamos trazer pessoas referência em negócios, para palestras e workshops, e gerar um retorno a nível de crescimento e conhecimento para a própria associação”, ressalta Daiane. “Por ser uma associação empresarial, pelo fato de as empresas estarem aqui, nada mais ideal do que estar dentro da Acic para gerar negócios”, acrescenta.

 

Para Tapias, entre os jovens no mercado de trabalho há uma falta de gestão e de visão empreendedora. “Eles aprendem uma profissão, mas não têm ideia de gestão. Falta visão de liderança e queremos trabalhar isso com eles, indo até as empresas e levando isso para a sociedade”, completa.

 

 

Texto: Talita Lima

Deize Felisberto

Assessoria de Imprensa da Acic