Notícias Acontece

Setenta e cinco anos da Acic são celebrados em Sessão Especial

Acontece na ACIC

Data 21/11/2019 Texto ACIC Compartilhe
Setenta e cinco anos da Acic são celebrados em Sessão Especial

Conforme proposição apresentada pelo presidente do Legislativo, vereador Miri Dagostim, e aprovada por unanimidade pelos parlamentares, a Câmara Municipal promoveu nesta quinta-feira, 21, uma Sessão Especial em homenagem aos 75 anos de fundação da Associação Empresarial de Criciúma (Acic). A solenidade ocorreu no auditório Diomício Vidal, na sede da Acic, e contou com a participação de lideranças empresariais, políticas e comunitárias, além do público em geral.


“Vivemos uma noite muito especial”, resume o presidente da Associação Empresarial, Moacir Dagostin, que em seu discurso salientou o papel da diretoria, do Conselho Superior, dos associados, dos colaboradores, dos ex-presidentes e de todas as pessoas que construíram a história da Acic. “Nenhuma entidade sobrevive sete décadas e meia, sem ser pelo esforço, a dedicação e o trabalho das pessoas que lá estiveram ou permanecem”, pondera.


Dagostin ainda destacou o comprometimento com as causas comuns e os princípios do associativismo, que permearam a história da Acic e são fortalecidos a cada dia. “A trajetória construída com tanto zelo resultou em muitas conquistas, tanto no âmbito da entidade quanto para Criciúma e para os demais municípios da região”, frisa o empresário.


“Nosso compromisso à frente da Acic no presente é manter e potencializar o legado construído pelos que nos antecederam nesses 75 anos, defendendo os interesses dos empresários e da sociedade regional junto aos representantes políticos e gestores públicos”, acrescenta.


Memórias

Representando o prefeito Clésio Salvaro no ato, o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Claiton Pacheco, lembrou da participação na Associação dos Jovens Empreendedores de Criciúma (AJE). “Me sinto um ‘ACICano’. Sou um associativista desde sempre e me sinto parte desta história. Que a Acic tenha vida longa, porque a cidade precisa dessa casa para gerar empresas e empregos”, desejou.


Também presente na solenidade, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Lucas Esmeraldino, ressaltou o início na vida pública, como vereador em Tubarão, e o contato estreito com a classe empresarial. “Ao assumir a secretaria, buscamos pessoas ligadas ao empreendedorismo, ao associativismo, empresários”, salientou.


“Setenta e cinco anos não se comemoram por acaso. É preciso se reinventar e continuar o bom trabalho”, frisou o secretário, enaltecendo ainda a união de forças entre a Acic, outras Associações Empresariais, entidades e instituições para o desenvolvimento do Sul de Santa Catarina.


Miri Dagostim também destacou a contribuição da classe empresarial, ao gerar empregos. “O emprego representa tudo para nós, pois é através dele que as pessoas se mantêm, conseguem educar e sustentar seus filhos, formar uma família decente”, apontou.


O presidente da Câmara ainda enfatizou o importante papel desempenhado pela Acic nas diferentes fases da economia criciumense e o empenho para tirar do papel obras como o Centro de Inovação. “E o Legislativo dá sua contribuição para pautas importantes, como é o caso do Porto Seco, que vai gerar mais de 3 mil empregos”, citou, referindo-se ao projeto da Cidade dos Transportes, que também tem o apoio da Acic.


Ao final da solenidade, o Legislativo entregou à Associação Empresarial uma placa comemorativa aos 75 anos.


Também estava presente na sessão o deputado estadual Felipe Estevão.


A entidade

Atualmente, a Acic conta com mais de 1,7 mil associados, divididos entre os setores da indústria, do comércio e de serviços, e tem como missão promover o desenvolvimento econômico, político, social e cultural da região Sul.


Seja para seus associados ou para a comunidade em geral, a entidade disponibiliza uma estrutura modelo no Estado, incluindo a sua sede com 7,1 mil metros quadrados, com amplos espaços para eventos, reuniões e treinamentos.


Texto: Andréia Limas
Deize Felisberto
Assessoria de Imprensa da Acic